Notícias

Criança e Consumo promove formação pedagógica com educadores da EMEI sobre consumismo na infância e publicidade infantil em escolas

Criança e Consumo promove formação pedagógica com educadores da EMEI sobre consumismo na infância e publicidade infantil em escolas

Criança e Consumo promove formação pedagógica com educadores da EMEI sobre consumismo na infância e publicidade infantil em escolas

Durante a manhã da última sexta-feira (16), o Criança e Consumo realizou uma formação pedagógica com educadores da EMEI Antônio Gonçalves Dias, em Itaquera (SP). O foco da apresentação foi explicar o que é publicidade infantil, principalmente quando acontece no espaço escolar. Além disso, também foi discutido sobre o que se pode fazer como familiar e educador frente a essa exploração.

 

A atividade contou com a participação de educadores, auxiliares técnicos de educação e equipe gestora e administrativa da unidade. Essa EMEI recebe crianças de 4 e 5 anos de idade. E, a partir da conceituação e exemplificação de o que é a publicidade infantil, foi promovida uma discussão sobre os impactos da lógica da exploração comercial no desenvolvimento de crianças.

 

Dentre as consequências apresentadas, também foram abordados os prejuízos ambientais gerados pelo alto uso de plásticos nos brinquedos, muitas das vezes, com substâncias tóxicas e nocivas, como é apontado pela pesquisa Infância Plastificada que mostra como a publicidade infantil está diretamente relacionada ao consumo excessivo de brinquedos plásticos, que tem como direcionamento o efeito “publicidade-desejo-consumo-descarte”.

 

Além disso, fizeram parte das trocas as questões relacionadas a como empresas de diferentes setores se utilizam de personagens infantis para induzir nas crianças a vontade de consumir determinados produtos, como é o caso de materiais escolares e roupas. Do mesmo modo, houve uma reflexão sobre como as datas comemorativas estão associadas ao consumo e a importância de encontrar meios para celebrar esses momentos sem o ato de comprar, como é proposto pela Feira de Trocas de Brinquedos, iniciativa idealizada pelo Criança e Consumo.

 

Ao final do encontro, aconteceram reflexões sobre a importância da brincadeira e do contato com a natureza como antídotos para lógica da exploração comercial, a partir de trechos do documentário “Brincar Livre: de dentro para fora”, realizado pelo Território do Brincar, em parceria com o Instituto Alana.

 

Leia também

Criança e Consumo participa de formação para falar sobre a perspectiva cidadã digital da criança e do adolescente

Lançada campanha #EstudantesNãoProdutos: serviços de ensino on-line possibilitaram a vigilância de crianças e adolescentes durante pandemia

Criança e Consumo envia carta à Panini sobre divulgação do álbum de figurinhas da Copa do Mundo 2022: empresa está proibida de praticar publicidade infantil

X