Biblioteca

Uma Infância Cheia de Estilo: análise do suplemento Vogue Kids e sua relação com o processo de desaparecimento da infância

Uma Infância Cheia de Estilo: análise do suplemento Vogue Kids e sua relação com o processo de desaparecimento da infância

Imagem da capa do documento: Uma Infância Cheia de Estilo: análise do suplemento Vogue Kids e sua relação com o processo de desaparecimento da infância.

Autoras

Luciana Reginalda Rocha da Rosa e Márcia Franz Amaral (Faculdade de Comunicação Social – FACOS, UFSM)

Ano

2009

Descrição

Esta pesquisa tem como objetivo analisar o conteúdo do suplemento Vogue Kids, encartado na revista mensal Vogue Brasil. Segundo diversos estudos de comunicação, a infância é um fenômeno social em decadência em função do advento das mídias eletrônicas e o rompimento das barreiras de conhecimento que demarcavam a linha divisória entre infância e vida adulta. Partindo desse pressuposto, vamos utilizar as metodologias propostas por Débora Elman em sua dissertação Jornalismo e estilo de vida: o discurso da revista Vogue para detectar quais os estereótipos contidos no discurso do editorial de Vogue Kids e a quem esta publicação se dirige. Posteriormente, pretendemos estabelecer a análise do conteúdo de uma das editorias do suplemento e, a partir disso, identificar como é formulado o estereótipo infantil em Vogue.

ACESSE

X