Tilibra Produtos de Papelaria Ltda. – Tilibra Selfie (abril/2015)

Atuação do projeto Criança e Consumo

O Instituto Alana, por meio de seu projeto Criança e Consumo, constatou comunicação mercadológica dirigida à criança na ação promovida pela empresa Tilibra para vender a linha de materiais escolares da marca.

A ação consistiu na exibição de comercial televisivo em canais infantis, com apelos como animações e personagens atrativas ao universo infantil. Além disso, a empresa desenvolveu um aplicativo, intitulado “Tilibra Selfie”, disponibilizado em redes sociais e disponível para download pelo celular e tablet.

A observação da publicidade desenvolvida pela empresa Tilibra torna evidente a intenção da anunciante de direcionar sua mensagem comercial ao público infantil.

O anúncio promovendo a linha de materiais apresentado é composto por personagens conhecidas e animações divertidas e coloridas de maneira que alcança diretamente a criança e abusa de sua hipervulnerabilidade para seduzir ao consumo de um produto e com isso impulsionar suas vendas, indo na contramão da legislação pátria.

Ademais, utiliza-se de uma comunicação transmídia, que atinge a criança por meio de diversas mídias e faz com que a marca esteja presente no cotidiano da criança por meio de todas as redes a que tem acesso (televisão, internet, redes sociais).

O projeto Criança e Consumo entende que práticas comerciais como a desenvolvida pela Tilibra são abusivas, e, portanto, ilegais, por desrespeitarem a proteção integral e a hipervulnerabilidade da criança, em patente violação ao artigo 227, da Constituição Federal, diversos dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente, artigos 36, 37, § 2º e 39, IV, do Código de Defesa do Consumidor e Resolução 163 do Conanda.

Diante disso, no dia 6.4.2015, o projeto Criança e Consumo encaminhou Representação ao Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Espírito Santo (Procon/ES). Aguarda-se manifestação do órgão.

 

O projeto Criança e Consumo seguirá acompanhando o caso.

 

Arquivos relacionados:

Atuação do projeto Criança e Consumo

6.4.2015 – Representação encaminhada pelo Projeto Criança e Consumo ao Procon/ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *