International Paper – site do papel Chamequinho (julho/2013)

O Instituto Alana, em razão de sua atuação institucional, constatou, por meio de seu Projeto Criança e Consumo, a existência de comunicação mercadológica realizada pela International Paper do Brasil Ltda., referente ao papel ‘Chamequinho’.

O meio usado foi um site, cujo objetivo principal é divulgar o produto da notificada para o público infantil. Para isso, utilizou o entretenimento e uma suposta proposta educativa, valendo-se da criança como promotora de vendas. Além disso, a empresa invadiu o espaço da escola ao incentivar que o educador proponha atividades com um intuito puramente comercial a seus alunos. Também é possível constatar que todo o site foi desenvolvido em torno da imagem da personagem da marca, o ‘Chamequinho’, elemento que também faz parte da estratégia da empresa para sensibilizar o público infantil.

A notificada, ao realizar este tipo de publicidade, propaga valores distorcidos, estimula o consumismo, ignora os direitos da criança ao não respeitar a sua hipossuficiência e sua condição de vulnerabilidade, devido a sua condição de ser humano em desenvolvimento. Além disso, a estratégia de comunicação mercadológica em questão propaga valores inadequados aos menores de 12 anos, ao se aproveitar da deficiência de julgamento e inexperiência de um público que não tem capacidade para distinguir o caráter persuasivo da linguagem com o objetivo de fidelizá-lo à marca.

Em razão da comprovação de tantas abusividades, o Projeto Criança e Consumo, em 22.7.2013, encaminhou notificação à empresa International Paper do Brasil Ltda. para relatar a ilegalidade da estratégia publicitária utilizada e requerer a cessação da comunicação mercadológica em questão. Em resposta à notificação, foi realizada em .8.2013 uma reunião com a empresa para discutir as abusividades presentes no site em questão.

Em 9.1.2014 foi recebida a resposta da empresa, na qual nega que tenha realizado uma prática ilegal. No entanto, reconhece que a comunicação mercadológica deve ser transmitida da forma mais transparente e objetiva possível e por isso realizou algumas mudanças no site, como a dissociação da marca ‘Chamequinho’ das atividades, substituição do nome pelas palavras ‘papel’, ‘sulfite’ ou ‘cartolina’ e remoção das imagens da mascote das ilustrações das atividades. Diante da resposta e das mudanças realizadas decidiu-se arquivar o caso.

Arquivos Relacionados:

22.7.2013 – Notificação à International Paper do Brasil 

15.12.2013 – Resposta da International Pape encaminhada ao Projeto Criança e Consumo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X