Seção principal do site.

Nossas publicações

 

Recomendamos

 

Pesquisas

 

Vídeos recomendados

 

A história da água potável (The Story of Bottled Water/EUA)

Lançado em março de 2010 explora ao longo de sete minutos, os ataques da indústria de garrafas d'água sobre a água de torneira, bem como o uso de sedutoras campanhas publicitárias com motivos supostamente sustentáveis para encobrir as montanhas de lixo de plástico que produzem. Nos Estados Unidos, mais de meio bilhão de garrafas d’água são consumidas semanalmente. A conclusão do filme convida os espectadores a consumir água de torneira, não apenas assumindo um compromisso pessoal de evitar a água de garrafa, mas também cobrando investimentos que disponibilizem água de torneira potável para todos.

 

Pro dia nascer feliz (Brasil)

Premiado documentário sobre as diferentes situações que adolescentes brasileiros de 14 a 17 anos, ricos e pobres, enfrentam dentro da escola: a precariedade, o preconceito, a violência e a esperança. Foram ouvidos alunos de escolas da periferia de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco e também de dois renomados colégios particulares, um de São Paulo e outro do Rio de Janeiro.

 

Consumindo (Brasil) - Abertura

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP, o documentário levanta questionamentos relativos às nossas práticas de consumo, auto-destrutivas e caóticas, trazendo entrevistas com especialistas de diversas áreas.

 

Consumindo (Brasil) - Parte I Global

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte II Indivíduo

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte III Indivíduo consciente

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte IV Indivíduo consciente

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte V Informação

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte VI Mídia

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte VII Imaginário

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte VIII Consumo

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

 

Consumindo (Brasil) - Parte IX Lixo

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

Consumindo (Brasil) - Parte X Ciclo

Trabalho de conclusão de curso desenvolvido por alunos da PUC-SP.

A história das coisas (The Story of Stuff/EUA)

O vídeo The Story of Stuff (A História das Coisas), de Annie Leonard, apresenta uma desconstrução de paradigmas ao mostrar toda a linha de produção de bens e serviços até o momento do seu consumo final e descarte de resíduos. O curta metragem, que tem aproximadamente 20 minutos, propõe uma reflexão sobre os impactos e as consequências de práticas de consumo já arraigadas em nossa cultura e procura conscientizar a humanidade sobre a urgência de uma mudança nos hábitos de consumo visando a preservação do planeta e das relações sociais.

 

Comida S.A. (Food, Inc., EUA)

Nesse filme o diretor Robert Kenner faz uma crítica contudente à indústria alimentícia norte-americana que teve seus meios de produção totalmente modificados nos últimos 50 anos. Aponta ainda os efeitos prejudiciais dessas transformações à saúde pública, ao meio ambiente e aos direitos dos trabalhadores e dos animais.

 

Eu não Quero pagar NADA (Brasil)

O desenho animado "Eu não quero pagar nada" foi criado, produzido e sonorizado em Setembro de 2008 por 14 crianças e jovens do Espaço Alana entre seis e dezesseis anos. A proposta desse trabalho foi que as crianças imaginassem como seria a vida sem publicidade e nos contassem através de um desenho animado. Durante uma semana participando de oficinas de animação com os profissionais do núcleo de animação da Multirio, exercícios de reflexão e aprendizagem, as crianças desenvolveram o roteiro, criaram os desenhos e sonorizaram o curta.

 

Consuming Kids (EUA)

Um alerta para a sociedade norte-americana: as crianças são alvo preferencial das estratégias de marketing e já sofrem graves consequências do consumismo infantil. Esse é o tema central de Consuming Kids - The Commercialization of Childhood (em tradução livre, Crianças do Consumo – A Comercialização da Infância), documentário lançado em dezembro de 2008 pela MEF (Media Education Foudantion), nos EUA.

 

Mutum (Brasil/França)

Mutum quer dizer mudo. Mutum é uma ave negra que só canta à noite. E Mutum é também o nome de um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde vivem Thiago e sua família.Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros. É através do seu olhar que enxergamos o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. Ao lado de Felipe, seu irmão e único amigo, Thiago será confrontado com este mundo, descobrindo-o ao mesmo tempo em que terá de aprender a deixá-lo.

 

Escritores da Liberdade (Freedom Writers, Alemanha/EUA)

Hilary Swank é uma jovem professora que tenta inspirar seus alunos-problema a aprender algo mais sobre tolerância, valorizar a si mesmos, investir em seus sonhos e principalmente dar continuidade a seus estudos além da escola básica.

 

Maus Hábitos (Malos Hábitos/México)

O filme conta a história de uma família unida por uma variedade de distúrbios alimentares. Sua fé, seu amor e sua vaidade são todos postos à prova na mesa de jantar.

 

Não matarás: Os animais e os homens nos bastidores da ciência (Brasil)

Conheça a verdade sobre o uso de animais em laboratórios e universidades. A vivissecção é uma prática antiga que ainda hoje vigora no ensino das ciências biomédicas, da medicina e da medicina veterinária. Conheça universidades que usam outros recursos didáticos que evitam o sofrimento e a morte desnecessária de milhões de animais.

 

Estamira (Brasil)

Estamira conta a história de uma mulher de 63 anos que sofre de distúrbios mentais e trabalha há mais de vinte anos no aterro sanitário do Jardim Gramacho, um local renegado pela sociedade, que recebe diariamente mais de oito mil toneladas de lixo produzido no Rio de Janeiro. Com um discurso eloqüente, filosófico e poético, a personagem central do documentário levanta de forma íntima questões de interesse global, como o destino do lixo produzido pelos habitantes de uma metrópole e os subterfúgios que a mente humana encontra para superar uma realidade insuportável de ser vivida.

 

Pequena Miss Sunshine (Little Miss Sunshine/EUA)

Uma família desajustada viaja do Novo México à Califórnia em uma kombi enferrujada para que a pequena Olive, de 7 anos, possa participar de um concurso de beleza de pré-adolescentes. Essa jornada tragicômica de três dias, repleta de surpresas alucinadas que levam à grande estréia de Olive, mudará toda família para sempre.

 

Nação Fast-Food - Uma rede de corrupção (Fast-Food Nation, EUA)

Don Anderson (Greg Kinnear), executivo de marketing da cadeia de restaurantes fast food Mickey tem um grande problema. Carne contaminada foi colocada no freezer junto à utilizada para preparar o sanduíche mais famoso da rede, o Big One, prejudicando a qualidade do produto. Para descobrir quem fez isto e por que, ele terá que percorrer uma longa jornada pelo lado obscuro da alimentação americana. Saindo do cômodo escritório da empresa, na Califórnia, para conhecer um outro estilo de vida, Don descobrirá uma nação de consumidores que ainda não perceberam que são eles que estão sendo consumidos pela indústria.

 

A criança (L'enfant/Bélgica-França)

Bruno e Sonia são namorados bastante imaturos. Ela é adolescente e ambos se divertem fumando, brincando de vale tudo e usando spray. Até que ela tem um bebê. Assim que recebe alta do hospital, ela procura Bruno, que fica indiferente ao acontemcimento. Na cidade de Seraing na Bélgica, ele é um ladrãozinho sem nenhum interesse para o trabalho, sem metas e que gasta o todo o dinheiro que tem nas mãos com futilidades. Porém, Bruno descobre um novo meio para aplicar golpes: o bebê.

 

Quanto vale ou é por quilo? (Brasil)

Uma analogia entre o antigo comércio de escravos e a atual exploração da miséria pelo marketing social, que forma uma solidariedade de fachada.

 

Ninguém pode saber (Dare mo Shiranai/Japão)

Uma mulher e seus 4 filhos se mudam para um apartamento. Como no local não é permitido que morem famílias grandes, os filhos chegam escondidos dentro de malas e não podem sair do apartamento, para não serem descobertos. Após algum tempo a mãe decide deixá-los, passando para o mais velho, de 12 anos, a tarefa de cuidar da casa e dos irmãos.

 

Super size me - A dieta do palhaço (EUA)

O documentário foca-se em um problema tipicamente norte-americano: a massiva e crescente onda de obesidade. Alimentando-se exclusivamente de lanches da rede McDonald's durante um mês inteiro, o diretor Morgan Spurlock busca apresentar os perigos que a cultura fast food traz.

 

Czech Dream: a documentary super-comedy about the superstore that didn't exist (República Checa)

Neste documentário, dois jovens diretores checos contratam uma agência de publicidade para promover o lançamento de um hipermercado que, na realidade, não existe. O objetivo é levantar uma discussão sobre o consumismo e sobre as técnicas publicitárias, e o filme culmina no registro da frustração das mais de 3.000 pessoas que de fato foram à inauguração do hipermercado para só então descobrir a farsa - reagindo, em sua maioria, com raiva e agressividade.

 

Surplus (Surplus: Terrorized Into Being Consumers/EUA)

Um documentário diferente sobre o consumo exagerado, que mostra os excessos da produção em massa e do consumo desenfreado de forma particular e interessante.

 

Mídia Rica, Democracia Pobre (Rich Media, Poor Democracy/EUA)

Através de diversos exemplos, Robert McChesney e o presquisador da mídia Mark Crispin Miller demonstram como o jornalismo se comprometeu com os chefes de conglomerados como a Disney, Sony, Viacom, News Corp e AOL Time Warner para produzir um sistema de notícias mais preocupado com o sensacionalismo do que com a informação. Eles sugeream que a menos que o ativismo recupere o público, este novo sistema corporativo ficará marcado por uma mídia rica e uma democracia cada vez mais pobre e árida.

 

The Corporation (Canadá)

150 anos atrás, as corporações eram pequenas instituições de pouco valor. Hoje elas exercem uma forte influência no dia a dia de nossas vidas. Assim como o Comunismo, a Igreja e a Monarquia em outras épocas, a Corporação tornou-se uma instituição poderosa e capaz de influenciar a história através dos tempos.Documentário inspirado no best-seller de Joel Bakan (The Corporation: The Pathological Pursuit of Profit and Power) sobre os poderes das grandes corporações no mundo contemporâneo, traz entrevistas com presidentes de corporações como a Nike, Shell e IBM, além de Noam Chomsky, Milton Friedman e Michael Moore. Vencedor do Prêmio do público no Sundance Film Festival de 2004.

Obsolescência programada

O documentário, realizado por Cosima Dannoritzer e co-produzido pela Televisão Espanhola, é o resultado de três anos de investigação, faz uso de imagens de arquivo pouco conhecidas; junta provas documentais e mostra as desastrosas consequências para o meio ambiente que derivam da obsolescência programada. Também apresenta diversos exemplos do espírito de resistência que está a crescer entre os consumidores e recolhe a análise e a opinião de economistas, desenhadores e intelectuais que propõem vias alternativas para salvar economia e meio ambiente.

 

Apresentações da equipe

 

X