Notícias

Silêncio da RiHappy gera denúncia ao Ministério Público de SP

Silêncio da RiHappy gera denúncia ao Ministério Público de SP

Silêncio da RiHappy gera denúncia ao Ministério Público de SP

Falta de resposta da empresa sobre a ação “O Maior Presente do Mundo” leva o Projeto Criança e Consumo a enviar uma representação ao órgão estadual.

No dia 2 de outubro o Instituto Alana, por meio do Projeto Criança e Consumo, enviou uma notificação à empresa Ri Happy Brinquedos S/A devido à ação publicitária “O Maior Presente do Mundo dirigida ao público infantil com sorteio de brinquedos. Como parte da estratégia uma caixa de grandes dimensões foi instalada no Parque Villa Lobos, em São Paulo. Além desrespeitar a legislação vigente, direcionando publicidade à criança, a empresa, sem uma autorização específica, viola a Lei Cidade Limpa ao colocar uma peça promocional em um espaço público provocando poluição visual e ambiental.

Devido à falta de resposta da empresa, tanto no que diz respeito à publicidade abusiva, quanto à infração à Lei Cidade Limpa, foi enviada uma representação ao Ministério Público do Estado de São Paulo, especificamente para a Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e Juventude da Capital, para a Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo e para a Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, solicitando medidas jurídicas para coibir esta prática mercadológica, a fim de que a empresa cesse com tal abusividade e deixe de realizar ações semelhantes.

Veja também:
– O maior presente do mundo: incentivo ao consumismo irresponsável
– Mães sabem: publicidade com dinossauro falante é abusiva
– Procon-MT autua Bayer por publicidade abusiva

A promoção, que também está sendo divulgada nas redes sociais, internet e televisão, incentiva as pessoas a consumirem produtos da loja (mínimo de R$60,00) para permitir a participação no sorteio, que tem como prêmio principal o valor de R$20.000,00 em compras nas lojas Ri Happy pela criança indicada no formulário vencedor. Um incentivo desmedido ao consumismo, ao consumo sem reflexão e sem responsabilidade. Com intenção de maximizar suas vendas durante o Dia das Crianças a promoção é um acinte à diversos grupos da sociedade que trabalham no sentido de promover uma educação para o consumo sustentável.

Acompanhe a ação:

 

Publicado em
Tags
X