Notícias

Personagens infantis podem desaparecer de alimentos não saudáveis na Holanda

Personagens infantis podem desaparecer de alimentos não saudáveis na Holanda

Personagens infantis podem desaparecer de alimentos não saudáveis na Holanda

*texto publicado originalmente no site britânico The Guardian e traduzido para o português por Ekaterine Karageorgiadis, coordenadora do Criança e Consumo.

“Personagens de mídia licenciadas”, como Dora a Exploradora e Miffy, não seriam mais usadas para atingir crianças pequenas de acordo com a iniciativa da indústria de alimentos holandesa.

Personagens infantis famosas, como Dora a Exploradora, podem em breve desaparecer de algumas embalagens de alimentos na Holanda para desencorajar os hábitos alimentares pouco saudáveis, disseram representantes da indústria de alimentos. A decisão foi tomada após “debates públicos sobre o impacto da publicidade dirigida a crianças”, disse a Federação Holandesa de Indústria de Alimentos (FNLI). “A obesidade é um problema sobre o qual a indústria de alimentos está muito preocupada.”

O movimento, o primeiro na Europa, veria personagens populares de desenhos animados, incluindo também o colelho Miffy, desaparecerem de produtos genéricos percebidos como pouco saudáveis cujas embalagens são direcionadas a crianças. A nova medida visa restringir as embalagens com “personagens de mídia licenciadas” voltadas para crianças até 13 anos, disse a FNLI, que representa 450 empresas da indústria de alimentos e 19 organizações.

Veja também:
– 2016: um ano de conquistas históricas na luta contra o consumismo infantil
– 11 empresas anunciam novas diretrizes para publicidade infantil
– Defensoria Pública entra na Justiça para tirar Ronald McDonald das escolas

O jornal De Telegraaf disse: “Estes produtos são colocados nas prateleiras ao nível dos olhos das crianças e são muitas vezes insalubres, contendo muito sal, açúcar ou gorduras”. A porta-voz do Ministério da Saúde holandês Leonne Gartz disse que as medidas envolveriam a remoção de personagens como Miffy e Dora a Exploradora. “Não afeta personagens específicas de produtos”, por exemplo o tigre em uma famosa marca de cereais, disse ela.

A FNLI espera que a eliminação gradativa seja implementada durante o ano de 2017, após vários testes para garantir que o plano não conduzisse a uma concorrência desleal no mercado. O vice-ministro holandês da Saúde, Martin van Rijn, elogiou a iniciativa da indústria de alimentos. “É importante para mim que as crianças e seus pais sejam poupados do bombardeio constante de publicidade sedutora de alimentos não saudáveis”, disse Van De Rijn De Telegraaf.

Foto: Via Flickr

X