Notícias

O compromisso da Ambev

O compromisso da Ambev

O compromisso da Ambev

Depois de receber notificação, Ambev realiza reunião com o Instituto Alana para discutir o evento Skol Endless Summer e promover modificações.

Com a intenção de aproximar a marca dos jovens, a Ambev promoveu, nesse verão, a ação “Praia Skol – The Endless Summer”. A ação previa a ocupação das areias brasileiras com um evento itinerante, promovendo atividades como aulas de surf e stand-up paddle e exibição de filmes e shows.

O evento chamou atenção do Instituto Alana, já que proporciona o contato com uma bebida alcoolica, ou seja, proibida para menores de 18 anos, em um ambiente público, com grande presença de crianças. “Será honesto termos nossas praias invadidas por estandes e tendas que expõem nossas crianças, seres ainda em desenvolvimento e numa fase essencial de formação de valores, a marcas de cerveja?”, questionou a psicóloga do Instituto Alana, Laís Fontenelle, em seu artigo sobre o tema.

Nesse contexto, o Instituto Alana enviou uma notificação à Ambev, ressaltando que na promoção do evento não havia menção a uma possível restrição de idade para participar, além de o site da empresa mostrar crianças fazendo as aulas, com camisetas da marca de cerveja.

Após o envio da notificação, representantes da Ambev e do Instituto Alana se reuniram no dia 15 de janeiro de 2013 para discutir as irregularidades apontadas. A Ambev apresentou uma contranotificação, afirmando que as fotos apresentadas pelo Alana não se referiam ao ‘Skol Endless Summer’, mas sim a outro evento realizado em 2010 pela revista ‘Alma Surf’, parceira da Ambev na ação atual. Como resultado, a empresa retirou as fotos da internet e se comprometeu a fiscalizar melhor os eventos realizados por terceiros e patrocinados por suas marcas. De acordo com a contranotificação, tais fotos ‘tampouco se coadunam com a política de consumo responsável da companhia’.

Além disso, reconheceu que, muito embora não seja ilegal realizar publicidade de cerveja em espaços públicos, é necessário evitar que crianças sejam diretamente atingidas por ações de marketing desse produto. Com relação à ação desenvolvida nas praias, a Ambev afirmou que não houve participação de menores de idade e que reforçou a fiscalização com cartazes e a presença de promotores de eventos.

Acompanhe o caso.

Foto: Odair da Rosa

X