Notícias

Doces em armários escolares?

Doces em armários escolares?

Doces em armários escolares?

A publicidade dirigida às crianças por meio de “kits de volta às aulas” colocados em armários de alunos instalados em escolas paulistas levou o Instituto Alana a notificar as empresas Global Box, Bauducco, Colgate-Palmolive, Starpoint, Daquiprafora e Hershey´s.

No primeiro dia letivo, mais de 15 mil alunos dos ensinos Fundamental II e Médio de 220 escolas paulistas devem encontrar kits compostos por guloseimas, vales-compras e vouchers com descontos fornecidos pelas empresas participantes, dentro dos seus armários, gerenciados pela Global Box. Serão produtos como cookies e o wafer cookies’n cream da Bauducco, Hershey’s Cocada Candy Bar, Voucher com desconto da empresa Daquiprafora, entre outros. Além dos alunos que receberão os kits, a ação busca atingir todo o universo de alunos das escolas, que ultrapassa 50 mil crianças e adolescentes.

“A publicidade dentro de escolas representa especial preocupação, na medida em que, além de abusar da inexperiência das crianças para vender bens mais facilmente, ela invade um espaço que é fundamental na sua formação e deveria ser isenta de mensagens comerciais”, afirma a advogada do Instituto Alana, Ekaterine Karageorgiadis.

O Alana recebeu a denúncia do caso no dia 13 de janeiro de 2014, por meio da página no facebook do Projeto Criança e Consumo, e diante da abusividade da comunicação mercadológica, enviou notificação pedindo que as empresas cessem a ação e deixem de desrespeitar os direitos das crianças.

Acompanhe o caso:

Global Box , Pandurata, Colgate-Palmolive, Daquiprafora, Hershey’s e Starpoint – ‘Armários Escolares’

Foto: Jasleen Kaur

X