Notícias

Alana denuncia ação do McDonald’s em escolas

Alana denuncia ação do McDonald’s em escolas

Alana denuncia ação do McDonald’s em escolas

Shows comandados pelo palhaço Ronald McDonald dentro de escolas públicas e privadas – inclusive para bebês e crianças menores de seis anos – levaram o Instituto Alana a questionar a legalidade desta estratégia de marketing, que se aproveita da vulnerabilidade da criança com objetivo de transmitir sua mensagem publicitária.

Recebemos diversas denúncias sobre as ações de marketing nas escolas e enviamos uma representação para o Ministério da Justiça e o Ministério da Educação, pedindo que sejam tomadas ações para coibir imediatamente a prática dentro das escolas.

Além disso, enviamos cartas notificando o ocorrido e pedindo providências para 10 Secretarias Estaduais de Educação e 34 Secretarias Municipais – em estados e/ou municípios onde a ação foi realizada.

Durante os shows, o palhaço Ronald McDonald interage com os pequenos trazendo os logos do McDonald‘s para dentro do ambiente de ensino.O ambiente lúdico e o palhaço que representa a marca exercem assim a função de criar uma ligação afetiva das crianças com a lanchonete.

O que se divulga como “ação educativa” é na verdade uma maneira de incentivar que os alunos se tornem consumidoras dos produtos do McDonald’s desde cedo.

Trata-se claramente de publicidade dentro de um ambiente de ensino, espaço de formação de valores e cidadania, onde a criança está aberta a aprender e assimilar o que é ensinado. Ação que vai contra a opinião de 56% da população que desaprova a publicidade em escolas, segundo pesquisa de 2011 do Datafolha.

Enviamos em agosto uma notificação ao McDonald’s, pedindo que fossem encerradas, no prazo de dez dias, todas as suas atividades dentro de instituições de ensino. Com a ausência de resposta da empresa, o Instituto Alana fez então a representação e as cartas por entender que o “Show do Ronald McDonald” afronta os direitos de proteção integral da criança previstos pela legislação brasileira.

Acompanhe o caso:

Arcos Dourados Comércio de Alimentos Ltda. – Show do Ronald McDonald

 Foto: Patrick H. Lauke

X