Notícias

Publicidade da Danone no dia a dia das crianças

Publicidade da Danone no dia a dia das crianças

Publicidade da Danone no dia a dia das crianças

Com o objetivo de fidelizar e estimular o público infantil a consumir as linhas Danoninho e Bonafont Kids, empresa promove campanha relacionada às Olímpiadas e ações no ambiente escolar

O projeto Criança e Consumo, por meio do Instituto Alana, denunciou a empresa Danone, ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, após constatar o desenvolvimento de ações mercadológica dirigidas às crianças das linhas Danoninho e Bonafont Kids, desrespeitando a legislação vigente. As ações procuram atingir o público infantil em diferentes ambientes de seu dia a dia, como teatros, escola, espaços públicos e nos meios de comunicação, estimulando a criança a consumir e desejar produtos da Danone.

As campanhas de iogurte ‘Danoninho Dino Arena’ e da água ‘Bonafont Kids’, veiculadas em diversas mídias como TV, sites, Youtube e redes sociais, associam momentos de diversão ao consumo desses produtos, atraindo o público infantil com animações e personagens. Além disso, a linha ‘Dino Arena’ utiliza como mote as Olimpíadas, com itens colecionáveis, como miniaturas e embalagens relacionadas ao evento esportivo sediado no Brasil em agosto.

Veja também:
– Publicidade realizada por youtubers mirins é publicidade
– Após publicidade abusiva, Foroni se compromete a sair das escolas
– Mães sabem: publicidade com dinossauro falante é abusiva

A Danone também patrocina o programa ‘1,2,3 e Saúde’ em escolas, que incentiva as crianças a consumir produtos lácteos e água. A iniciativa, camuflada como educativa e cultural, criou um concurso para estimular crianças e educadores a produzir conteúdos sobre alimentação a partir desses produtos, em troca de premiações. É possível perceber que o intuito da ação é alterar o hábito alimentar das crianças e de suas famílias ao insistir na necessidade do consumo de produtos que são fabricados pela empresa idealizadora do projeto.

“Uma estratégia como essa da Danone, que envolve comunicações na TV, nas escolas, nos pontos de vendas e em ações supostamente lúdicas, como teatros ou concursos, mostra a complexidade das ações focadas no público infantil, para o convencimento da criança ao consumismo e fidelização à marca. Nosso objetivo é a proteção dos direitos da infância, inclusive nas relações de consumo, garantidos na legislação vigente como o artigo 227 da Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Código de Defesa do Consumidor, e a Resolução 163 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda)”, ressalta Ekaterine Karageorgiadis, advogada do Instituto Alana.

Acompanhe o caso:

Foto: Reprodução/ YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X