Notícias

Do que é feita sua Páscoa?

Do que é feita sua Páscoa?

Do que é feita sua Páscoa?

No próximo domingo (21/05), celebramos mais uma Páscoa e, por isso, lojas e supermercados estão enfeitados com túneis coloridos repletos de ovos de chocolate. Nesse contexto, “crianças são especialmente visadas pelas empresas, que investem em personagens, brinquedos, embalagens coloridas e comerciais na televisão para chamar a atenção deste público”, alerta Livia Cattaruzzi, advogada do programa Criança e Consumo. “Esses apelos, abusivos e ilegais, contribuem para que as crianças sejam fisgadas pelas marcas”, diz.
 

Para entender como mães, pais e responsáveis lidam com apelos comerciais dirigidos ao público infantil durante essa época do ano, o Criança e Consumo, mapeou, por meio de enquete, quais os principais pedidos das crianças nessa época. A pesquisa contou com 858 respostas de pessoas dos 27 estados do país.
 

Os resultados mostram que 65% das pessoas costumam presentear crianças com ovos de chocolate; 60% afirmam que as crianças optam por determinado ovo pelo brinquedo que o acompanha e 49% declaram ser o personagem estampado na embalagem a razão para a escolha. Além disso, 47% das respostas apontam que as publicidades infantis na TV e internet também influenciam nas escolhas.
 

Fique atento
De acordo com pesquisas realizadas este ano por Procons em diferentes regiões do Brasil, os preços dos ovos de chocolate variam bastante. O Procon de São Paulo, por exemplo, registrou que a maior diferença encontrada entre os ovos de Páscoa foi de 88,42% no produto ‘Surpresa LOL Surprise’ de 150g, que custa até R$ 74,99. O Procon do Paraná constatou a mesma situação – também com o produto acompanhado de brinquedos LOL – e apontou que os preços deste produto variam em até 50% nas lojas. Já o Procon de Maceió (AL), encontrou um ovo de chocolate de 150g custando até R$ 72,99 (conforme o tipo e marca do brinquedos que o acompanha), enquanto um ovo de chocolate artesanal de 650g custa quase o mesmo preço.
 

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) também divulgou, esta semana, resultados de um levantamento recente que identificou publicidade infantil abusiva para promover 57 tipos de ovos de chocolate, feita por nove empresas diferentes. Entre as práticas ilegais, o Idec constatou a utilização de linguagem infantil, efeitos especiais e excesso de cores; personagens ou apresentadores infantis; desenho animado ou de animação e promoções com brinquedos colecionáveis ou com apelos ao público infantil.
 

Menos consumismo, mais presença
Para ajudar no delicado equilíbrio entre finanças da casa e pedidos das crianças durante a Páscoa, o Criança e Consumo preparou algumas dicas para ajudar a minimizar os apelos de consumismo infantil nos próximos dias. “Nossa sugestão é presentear as crianças com brincadeiras e presença”, ressalta Livia Cattaruzzi, advogada do programa.

X