Valisere Ind. e Com. Ltda. – Meu 1.º Valisere (dezembro/2013)

O Projeto Criança e Consumo do Instituto Alana recebeu denúncia sobre a veiculação de comunicação mercadológica dirigida ao público infantil da marca de roupas íntimas Valisere Ind. e Com. Ltda. (Valisere).

As publicidades em questão pertencem à campanha “Meu 1º Valisere”, que promove o uso de lingeries por meninas. Seus produtos se dividem em três linhas: “Meu Primeiro Bojo”, “Minha Primeira Renda” e “Meu Primeiro Top”, e são destinados a meninas de 8 a 12 anos. O site da empresa, de suas lojas e o cartaz da campanha publicitária mostram crianças vestindo apenas as peças da coleção.

O Projeto Criança e Consumo entendeu que o nome da campanha publicitária e as imagens divulgadas procuram interagir diretamente com as crianças, estimulando seu desejo de compra. Além disso, verificou-se que a campanha segue a tendência da erotização precoce, que incentiva crianças a se comportarem de forma adolescente ou adulta cada vez mais cedo, além da excessiva exposição visual de crianças vestindo apenas roupas íntimas.

Diante das abusividades verificadas, o Projeto Criança e Consumo encaminhou notificação em 19.12.2013 à Valisere, solicitando informações acerca da campanha publicitária e também que a empresa deixe de se comunicar diretamente com a criança. Em 24.02.2014 a empresa Valisere encaminhou resposta ao Instituto Alana afirmando que não possuía conhecimento dos desfiles promovidos por seus franqueados e se comprometendo a enviar uma carta circular aos seus lojistas, alertando-os sobre a proibição do uso de menores neste tipo de ação promocional. Em 06.03.2014, a Valisere encaminhou ao Instituto Alana uma cópia da carta circular que será enviada aos lojistas da empresa com o objetivo de informá-los sobre a ilegalidade do uso de menores nas ações denunciadas. Em vista dos esclarecimentos prestados pela empresa, o Projeto Criança e Consumo promoveu o arquivamento do caso.

Arquivos relacionados:

19.12.2013 – Notificação encaminhada pelo Projeto Criança e Consumo à Valisere 

24.2.2014 – Resposta encaminhada pela empresa Valisere ao Projeto Criança e Consumo 

Carta aos lojistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *