Sanchez Cano Ltda. – Balas Fini (junho/2017)

Sanchez Cano Ltda. – Balas Fini (junho/2017)

Atuação do Criança e Consumo

O Instituto Alana, por meio de seu programa Criança e Consumo, constatou o desenvolvimento de estratégias de comunicação mercadológica direcionadas ao público infantil, realizadas pelo grupo Sanchez Cano Ltda, detentor da marca Fini, por meio do envio de produtos da marca a canais de youtubers mirins.

Algumas franquias da empresa, aproveitando-se da crescente popularidade dos youtubers mirins e o impacto que exercem entre o público infantil, passaram a enviar os produtos por elas comercializados – doces, cadernos, gaveteiros de balas e chapéu de chef com o logotipo da marca estampado – a esses influenciadores digitais para que eles os desembrulhassem, apresentassem e divulgassem em seus canais no YouTube, utilizando-os para dirigir publicidade abusiva ao público infantil e como promotores de venda da marca entre as crianças que os acompanham.

Diante disso, o Criança e Consumo encaminhou notificação à empresa em 28.6.2017 para que sejam apresentados esclarecimentos e solicitando que a Fini deixe de realizar ações comerciais semelhantes.

Em 18.10.2017, foi encaminhada ao Criança e Consumo a resposta da empresa, que alegou que (i) seu público são jovens e adultos, ou seja, pessoas acima de 12 anos; (ii) não adota como estratégia a promoção e a publicidade da marcas e de seus produtos por meio youtubers mirins, e, tendo isso em vista, tem instruído seus franqueados com relação às normas de publicidade infantil, bem como tem notificado os responsáveis pelos youtubers mirins para que se abstenham de promover e divulgar a marca ou os produtos Fini sem aprovação prévia da empresa. Ainda, a empresa se comprometeu a acompanhar os canais do YouTube visando localizar materiais que promovam a marca, inclusive a partir de degustações de produtos Fini com a utilização de youtubers mirins, e a manter o cuidado com as postagens realizadas nas mídias sociais da Fini.

Tendo em vista a resposta da empresa, o Criança e Consumo arquivou o caso.

 

Arquivos relacionados:

Atuação do Criança e Consumo

28.6.2017 – Notificação encaminhada à Sanchez Cano

18.10.2017 – Resposta encaminhada pela empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X