Bayer S.A e PNUMA – Concurso de Pintura (abril/2013)

O Instituto Alana por meio do Projeto Criança e Consumo constatou a existência de prática abusiva de direcionamento de publicidade ao público infantil, por meio do ’22º Concurso Internacional de Pintura Infantil’, organizado pela Bayer S.A., multinacional que atua no mercado farmacêutico e alimentício, em parceria como PNUMA – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Deste concurso participaram crianças e adolescente entre 6 e 14 anos, divididos em categorias definidas pela idade. O concurso requisitava que cada criança fizesse um desenho sobre o tema ‘Água: a fonte da vida’, enviasse para a área comunicação corporativa a Bayer, para, ao final, premiar 3 ganhadores que tiveram seus nomes e obras divulgados no site do concurso. Ao primeiro lugar foi dado um computador portátil, ao segundo um MP4 e a o terceiro um kit de desenho.

O concurso foi organizado pela Bayer, já o PNUMA teve o seu nome e logotipo divulgados juntamente com o concurso, bem como participou na decisão sobre os ganhadores. O concurso constitui uma forma de publicidade dirigida ao público infantil, pois promove a marca da empresa farmacêutica, no material de divulgação do concurso nas escolas, interferindo, assim, no território da criança.

O Projeto Criança e Consumo enviou uma carta à Bayer e ao PNUMA, apresentando o seu trabalho e as consequências negativas da comunicação mercadológica dirigida ao público infantil. Em 6.8.2013, foi realizada reunião entre representantes do Projeto Criança e Consumo, diretores da Bayer e representantes do PNUMA. Como resultado da reunião, a empresa concordou em realizar mudanças quanto ao direcionamento da publicidade a crianças nos próximo concursos.

O Projeto Criança e Consumo segue acompanhando o caso.

Arquivos Relacionados:

4.4.2013 – Carta enviada à Bayer e ao PNUMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X